8 dicas fundamentais para viajar sozinho

Estás a planear em visitar um lugar sozinho? Confere então estas 8 dicas fundamentais para quem vai viajar sozinho.

Viajar sozinho é uma prática que tem vindo a crescer em popularidade. Várias razões podem levar a este crescimento como viagens low-cost, tendência ou oportunidade. Sejas ou não experiente em viajar sozinho pelo mundo lá fora, confere estas 8 dicas para viajares sozinho. Podem-te parecer forçantes mas o resultado é magnífico.

1. Escolhe bem o teu destino

Esta dica parece óbvia mas não é bem assim. Viajar sozinho obriga-te a saíres da tua zona de conforto, que entres em modo furtivo e que vás à procura de lugares fascinantes. Isso implica que hajam umas regras pré-definidas que te ajudam a alcançar esse objetivo. Por norma, estas são as regras que os viajantes a solo definem: Segurança, Saúde, Transporte, Comunicação e um “Pré-Gosto” pelo lugar. É óbvio que estas regras podem ser quebradas?!

2. Planeia certos aspetos da viagem

Com que companhia aérea vais voar? Como vais para o teu local onde vais ficar hospedado? de Taxi?
É importante que alguns pontos da viagem estejam bem planeadas para te não te caírem surpresas em cima. Deixo aqui alguns pontos listados:

  • Necessidade de visto (MUITO IMPORTANTE)
  • Passaporte válido (MUITO IMPORTANTE)
  • Qualidade do local de hospedagem
  • Segurança na rota planeada
  • Para backpackers convém pouca bagagem (Levem este conselho a sério)
  • Custos do câmbio da moeda, qual é o melhor lugar para levantar dinheiro.
  • Mapa com os locais de transporte
  • Wi-fi móvel (Nos aeroportos costumam haver estes disposítivos)

3. Faz AirBnB

Poderia ser Couchsurfing mas acho que AirBnB “dá-te” uma certa proteção e faz com que te sintas seguro. Eu adorei a minha experiência com AirBnB principalmente no Japão onde conheci pessoas fantásticas. Viajar sozinha implica que socializes com as pessoas o que é excelente para os introvertidos {Sou um deles :)}

4. Powerbank com elevada capacidade

Podia ter metido o Powerbank na 2. dica mas este é demasiado importante e tem que se destacar. Acreditem, uma Powerbank com 20000mAh vai dar para carregarem o vosso smartphone 5 vezes ou mais. Podem estar num local magnífico e quererem fotografá-lo. A pior coisa seria mesmo ficar sem bateria.

5. Comer como um residente

É verdade que para certas partes do mundo é preciso ter estômago para comer como um residente mas há tantos sabores escondidos por ai no mundo e a única maneira de os descobrir é provar-los. Não te deixes levar pelo McDonald’s que está espalhado pelo mundo inteiro.

6. Aprende certas frases dessa língua

Sempre podemos precisar de ajuda mas os habitantes locais podem não saber falar inglês. Aprende as saudações básicas como Olá ou Adeus e também como pedir ajuda, conselho. Com algumas frases básicas de certeza te vais safar. Como Plano B sempre podes falar com os braços.

7. Fotocopia os teus documentos

Imagina que estás no aeroporto para regressares a casa só que perdeste o teu passaporte? Seria muito chato e iria levar muitas burocracias como custos também. Uma fotocópia vai-te dar muito jeito, pois terás algum meio de provares a tua identidade. Eu tenho sempre uma cópia comigo, no smartphone e também na Dropbox.

8. Respeita as regras daquele lugar

Convém leres as boas maneiras que se deva ter como um cidadão naquele País. Por exemplo, no Japão é considerado uma falta de respeito fazer barulho no metro. Esta dica é um extra mas convém sempre ter uma noção básica.

Deixe uma resposta